Pular para o conteúdo principal

Promotor faz provocação a Prefeitos para adoção de medidas preventivas mais rígidas em razão do aumento de casos de COVID-19 e da Gripe na Região




O 1º Promotor de Justiça de Afogados da Ingazeira, Dr. Lúcio Luiz, chamando  atenção para o cenário atual da pandemia do mundo até chegar na região do Pajeú, havendo recorde recente de casos por dia, provocou os Prefeitos e Secretários de Saúde da 3a Circunscrição a aprofundar o debate e adotar, em bloco, medidas mais rígidas de prevenção. Defende medidas, por Decreto Municipal, especialmente em relação a eventos festivos com shows de bandas, programados para esse mês de Janeiro em toda a região. 

O promotor afirmou que essa discussão já está colocada entre os Promotores do Pajeú porque não tem o mesmo resultado só Afogados baixar essas medidas proibindo esses eventos, ficando liberado nos outros municípios ou sem a fiscalização adequada do Decreto Estadual.

De plano, faz o registro de que a primeira estratégia é ampliar a vacinação (1a, 2a e 3a dose) e a segunda cobrar o comprovante da vacina para acesso a espaços fechados públicos e privados. Mas ainda são importantes medidas para quebrar a cadeia de transmissão como o uso da máscara, a higienização das mãos e o distanciamento social.

Sustenta o representante do MP que os Infectologistas tem colocado o risco de alta contaminação pela variante ômicron, associada com a gripe H3N2 provocar grande impacto no Sistema de Saúde, podendo chegar a situação de colapso pela alta demanda e grande quantidade de profissionais também infectados.

Argumentou que presenciamos, por quatro dias seguidos, mais de 2,5 milhões de casos de Covid-19 por dia, fechando a semana passada com mais de 15 milhões de novos casos, recorde desde o início da pandemia. Nesta semana, já foi batido outro recorde com mais de 3,6 milhões de casos, no mundo, em um dia. E, no Brasil, tivemos só nesta quinta-feira, 13/01, 97,2 mil casos.


Dr. Lúcio Luiz ressaltou a importância dessas medidas serem tomadas agora para não chegar ao ponto de medidas mais duras serem tomadas depois, como o fechamento do comércio, onde ficaria muito difícil para empreendedores e trabalhadores aguentar mais essa pancada.

Por outro lado, chamou atenção para outro tipo de “fechamento” que pode ocorrer com a alta contaminação, não por ordem do Governo, mas pela grande quantidade de pessoas de uma mesma empresa que pode pegar, “vão ter sintomas leves, não vão para UTI, mas vão ter de ficar isolados em quarentena, inviabilizando algumas atividades ou serviços por uns dias”, destacou. 

Por exemplo, no Ceará já tem mais de 30 agências bancárias fechadas com suspeita ou confirmação de COVID, só em Belo Horizonte tem cerca de 50 e, em São Paulo, pelo menos 150 agências fecharam. Em Florianopólis, houve atraso do serviço de coleta de lixo porque muitos  agentes de limpeza pegaram COVID ao mesmo tempo. As companhias aéreas suspenderam milhares de vôos em todo o mundo, porque  integrantes da tripulação pegaram COVID. E, nos EUA e na Europa, já vemos mercados e lojas com prateleiras vazias, gerando desabastecimento, porque em algum momento da cadeia produtiva pessoas pegaram COVID, arrematou o Promotor.

Aqui na região do Pajeú, o Promotor salientou os números de ontem, 13/01, quando foram 208 casos em 24 horas, onde Serra Talhada teve 50 e São José do Egito, 83 novos casos. Ressalta que, apesar desse número, está programada grande festa com “Aldair Playboy e os Vilões”, para esse próximo Sábado, 15/01  em São José do Egito e questiona: como será cumprido o novo protocolo do Estado, que exige comprovante de vacinação e teste negativo com 24 ou 48 horas, se estão faltando testes?

Assim, Dr. Lúcio afirma que veio colocar essas provocações também para a imprensa e para a opinião pública, buscando promover esse debate e adoção pelos Prefeitos de medidas em toda a região, enquanto é tempo, invocando o ditado popular: “grita-se por São Bento, antes da cobra morder”, finalizou.

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Tabira: jovem é encaminhado para Caruaru com suspeita de infarto; ele passa bem e será submetido a um cateterismo

Um jovem da cidade de Tabira foi encaminhado com urgência para uma unidade em Caruaru após sofrer um infarto. Pelo menos são as informações que circulam pelos grupos de WhatsApp da cidade e região. De acordo com informações, Eduardo que é filho de Pim Veículos, sofreu um infarto e foi conduzido à cidade de Caruaru e agora passa bem.  Através das redes sociais, familiares pediram oração e informaram que não têm condições de se pronunciar a respeito no momento. Mas não confirmaram se de fato foi um infarto.  Em um print enviado ao blog, a informação é de ele será submetido a um cateterismo: Eduardo tem entre 17 e 18 anos.  Assim que o Afogados Conectado tiver acesso a mais informações, irei postar aqui. 

Jovem é assaltado e tem moto e objetos pessoais levados na Zona Rural de Afogados; Será que aquele cenário de assaltos está de volta?

  Imagem ilustrativa Na noite dessa segunda-feira (24) houve um assalto à mão armada no Sítio Barreiros, município de Afogados da Ingazeira. Guilherme Santos teve sua moto Honda Fun 150, Preta, 2015, Placa: PDJ 7628 roubada. Ele foi perseguido até a sua casa e lá foi assaltado  Semana passada outra foto foi roubada também na zona rural. Será que aquele cenário de roubos e assaltos vai voltar? As pessoas não podem mais ir e vir do trabalho ou de onde quer que seja, sem medo de ser roubado? Contamos com a Polícia Militar e Civil para que isso acabe o mais rápido possível. 

Confira lista dos novos beneficiários do Auxílio Brasil em Afogados

  A Prefeitura de Afogados da Ingazeira disponibilizou a lista com os nomes dos novos beneficiários do Auxílio Brasil, recebida do Ministério da Cidadania, no site https://afogadosdaingazeira.pe.gov.br/. Os 597 novos beneficiários incluídos no mês de Janeiro/2022 tem até o dia 31 de Janeiro para realizarem o saque do benefício na Caixa Econômica Federal. Já os noventa e nove liberados para o mês de Fevereiro poderão sacar a partir do dia 14 de Fevereiro, e deverão baixar nos seus celulares o aplicativo Caixa Tem, onde poderá ser consultado valor e parcela do benefício. Segundo a Secretária de Assistência Social, Madalena Leite, foram inseridos no Auxílio Brasil seiscentos e noventa e seis novos beneficiários, "esse número é o resultado do trabalho feito pela nossa equipe do Auxílio Brasil, que realizou um mutirão em Dezembro do ano passado para que as pessoas que ainda não faziam parte do programa pudessem ter acesso ao benefício. Esses nomes que constam na lista foram

Vacinação de crianças: Prefeitura de Afogados abre agendamento para crianças de 5 à 11 anos sem comorbidades

A Prefeitura de Afogados da Ingazeira abriu na tarde desta terça (25) o agendamento da vacina contra a COVID-19 para crianças de 5 à 11 anos sem comorbidades.  O agendando deve ser feito pelos pais ou responsáveis no site:   https://www.afogadosdaingazeira.imunizape.com.br Caso a criança não possua CPF, o campo pode ser preenchido com o CPF do pai, da mãe ou de um responsável pela criança.  Ao todo, em Afogados da Ingazeira, a Secretaria de Saúde contabiliza 3.999 crianças na faixa etária de 5 à 11 anos. O agendamento será agilizado na velocidade em que forem chegando as novas doses da vacina.

Afogados: Prefeito diz que crianças não vacinadas não terão acesso à sala de aula

  Segundo o prefeito, permitir o acesso seria contraditório com o decreto municipal. O prefeito Alessandro Palmeira, informou, nesta segunda-feira (24), durante o Debate das Dez da Rádio Pajeú, que crianças não vacinadas, não terão acesso à sala de aula em Afogados da Ingazeira. “É um tema polêmico? É, mas não tem problema, precisamos ter um direcionamento, então, a criança não imunizada não vai acessar a sala de aula. Inclusive seria contraditório com o nosso decreto, se baixamos um, criamos um decreto de que só pode entrar no estabelecimento público com cartão de vacina, a escola também é um espaço público”, justificou o prefeito.  Ainda segundo Alessandro Palmeira é preciso ter coragem de tomar as medidas mais corretas. “Se a gente for fazer uma avaliação sempre pensando num desgaste, não vamos nunca tomar essa medida ou vamos acabar ficando em cima do muro. Eu acho muito importante ter um posicionamento claro sobre isso”, destacou. Todos os créditos desta postagem ao blog do Nill J