Padre Fábio de Melo também defende união civil entre homossexuais

 


O Padre Fábio de Melo, revelou em uma live realizada em seu Instagram na última quinta-feira (29), que é favorável a união civil entre homossexuais.  A revelação, é claro, já está causando polêmica. 

Questionado pelo empresário, Marcus Montenegro sobre o posicionamento do Papa Francisco que declarou em 21 de outubro deste ano que gays merecem uma união estável e com direitos, além da aceitação familiar:

"As pessoas homossexuais têm direito de estar em uma família. Elas são filhas de Deus e têm direito a uma família. Ninguém deverá ser descartado ou ser infeliz por isso".

Fábio de Melo respondeu que isso é uma questão de lei: "Não cabe a mim como padre, como religioso ficar impondo ao outro uma regra que não me diz respeito. É uma questão de justiça".

O Padre completou que em 2013 já havia se posicionado sobre o assunto e que muita gente da "Ala conservadora" o perseguiu:

"Eu fui execrado pela ala mais conservadora da igreja porque eu fiz justamente essa distinção. Nós precisamos saber distinguir o que é uma regra religiosa do que é uma regra civil. Porque somos religiosos nós não temos que impor às pessoas que não são as nossas regras ou impedi-las de terem os seus direitos civis garantidos", revelou.


Pastores já se pronunciaram a respeito nas redes sociais dizendo repudiar a atitude da Igreja Católica sem si. A desculpa deles é a Bíblia, mas seguir os 10 mandamentos que é bom, nada né? Deus tá vendo viu "pastores"? 


Siga o Instagram do blog para mais notícias: aqui


Siga o meu Instagram: Jerffeson Almeida


Postar um comentário

0 Comentários